quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Chapeuzinho Vermelho ...looks e versões !

Natalia Vodianova, clicada por Mert Alas e Marcus Piggott
para ver outras fotos do ensaio, clique no link http://queroupavestirei.blogspot.com/2009/09/blog-post_8841.html

Amanda Seyfried no Filme  Red Riding Hood

O clássico conto Chapeuzinho Vermelho, acompanhou muitas gerações. Quem é que não sabe a história de  Chapeuzinho Vermelho?através do tempo, o clássico conto foi sofrendo alterações e releituras. A mitologia grega, tinha uma forma bem particular de narrar a história, ganhando alterações com  Charles Perraut, depois com Hans Christian Andersen e com os Irmãos Grimm. A partir do séc XX, o conto foi se modernizando e muitas versões foram criadas, chegou até a mudar de cor como na versão de Chico Buarque , " Chapeuzinho Amarelo" uma paródia destinada ao público pré-adolescente. Daton Trevissan dá um toque de deboche, Maurício de Sousa, usa seus desenhos pra atrair o público infantil,Guimarães Rosa escreve  Fita Verde no Cabelo, Neil Gaiman faz paródia dos personagens e Ivone Gomes de Assis faz uma releitura de chapeuzinho na era da internet, onde a vovó é uma hacker e as mídias virtuais são questionadas.  Catherine Hardwicke, dirigiu o filme Red Riding Hood, uma versão bem diferente do conto tradicional,nele Amanda Seyfried faz o papel da heroína, deixando a sensualidade transparecer sutilmente através dos looks. A Vogue América,em setembro de 2009, produziu o editorial "Into The Woods", com a top Natalia Vodianova, vestindo  um figurino arrazador...Chanel, Prada e Moschino.Fotografada por Mert Alas e Marcus Piggott ,tendo como cenário um bosque encantador Vodianova revive Chapeuzinho com os cabelos branco-prata.O ensaio foi postado no blog no dia 20.09.09 com o título "O Vermelho e o Negro" .  Bem...sabemos que a história de chapeuzinho, nos levou ao lúdico mundo da infância. Alimentou sonhos, que foram repassados para nossos filhos e que continuará fazendo parte, do mundo mágico das histórias infantis. Por enquanto, deixo aqui algumas impressões pra comemorarmos o dia de hoje.No dia 12 de Janeiro de 1628, nasceu Charles Perrault, escritor de contos infantis,como o Pequeno Polegar e Chapeuzinho Vermelho.Por isso...dedico a postagem de hoje, à todos os acreditam nos sonhos infantis,aos que  plantam sementes em prol de uma infância feliz e em especial a Charles Perraut, por ter deixado pra nós frutos tão saborosos.






Era uma vez . . .uma menina
que morava com sua mãe numa casinha,
perto de um bosque.
Chapeuzinho Vermelho era o seu nome porque sempre usava uma capa e chapéu vermelhos.
Um dia, sua mãe fez deliciosos doces e os colocou dentro de uma cestinha.
   
- Minha filha, vá levar este doces para a vovó.
- Mas tome cuidado, não para pelo caminho, nem fale com nenhum estranho.
- Está bem, mamãe.
Ao atravessar o bosque, encontrou um lobo que lhe perguntou:
 
  -Aonde vai, menina?
- Minha avó está adoentada, vou levar estes doces para ela.
- Oh! Coitada,
disse o lobo.
- Leve também estas flores.
Deu um maço de flores a Chapeuzinho Vermelho, que agradeceu e seguiu caminho. 
O lobo chegou primeiro
à casa da vovó.
 
 
 Fingindo ser a netinha, bateu na porta e foi
recebido. Entrou no quarto engoliu a vovó, vestiu suas roupas e deitou em sua cama.
Em seguida, chegou Chapeuzinho Vermelho.
A menina entrou e, ao ver a vovó deitada, exclamou:
- Que orelhas e olhos grandes!
E o lobo respondeu:
- São para te ouvir e ver melhor.
- E essa boca enorme?
- É para te engolir melhor, gritou o lobo,
pulando da cama para agarrá-la.
Mas a menina foi mais rápida, saltou pela janela e desapareceu na floresta.
 
 
 
Logo adiante, encontrou um lenhador a quem pediu ajuda.
 
 
O lenhador entrou na casa da vovó
e lutou muito com o lobo malvado.
Abriu-lhe a barriga com o machado e salvou a vovó que saiu de lá assustada.
O susto tinha passado e os três juntos, o lenhador, Chapeuzinho Vermelho e a vovó comemoraram com uma festa aquela inesquecível aventura.
 
 
 
Clique no livro e escreva sua história!! 
 
  
  
 
    Ilustração de Vera Rossi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário